Chove, lá fora,
em tetos e paredes
de carne e ossos.

Cimentados,
em bancos e chãos,
são inúmeros.

E jazem,
sem serem vistos,
quase roçando

nossas mãos.

Anúncios