Pois que chova toda essa água que quer cair. Caia com força. Lave ruas e campos. Que as nuvens se esbaldem no seu pranto melancólico e colérico. Amanhã colho os frutos e me banho ao sol.

Anúncios